Portal SobreTV
Televisão é Transmídia!

Resumo da novela “Carrossel” de 13/08 a 17/08/2016

confira o resumo semanal da novela carrossel

Capítulo 06 – 13/08/2018

As meninas chegam à casa abandonada. Os meninos afirmam que as meninas terão que passar por um teste de resistência para fazer parte do clube. Kokimoto prepara a bebida, a batida da coragem, para as meninas tomarem. Alicia é a única menina a beber a batida e os garotos colocam as meninas para fora da casa. Maria Joaquina comenta com Miguel, seu pai, que não vai convidar todos os colegas da sala de aula para a sua festa de aniversário. Cirilo pede dinheiro ao pai para comprar um presente a Maria Joaquina. Laura e Valéria se aproximam de Carmen – elas percebem que a amiga está triste. Carmen revela que seus pais estão se separando. Olívia pede para Helena ter uma postura firme diante dos pais dos alunos. Helena conversa com a mãe de Carmen e afirma que a garota está pouco motivada com os estudos. Helena revela que no dia anterior Carmen disse que não queria voltar para casa. Inês, mãe de Carmen, conta a Helena que está separada do marido. Helena se comove. Durante a aula de música, Maria Joaquina entrega bilhete a Paulo. Ela faz proposta a Paulo e promete dar um brinquedo a ele como recompensa. Maria Joaquina pede para Paulo tirar o nome de Cirilo do sorteio para a sua festa de aniversário. Carmen comenta com Helena que não tem vontade de brincar e estudar, pois sente saudade de seu pai. Maria Joaquina entrega convite a Daniel na frente de Cirilo. Cirilo coloca seu nome na urna para o sorteio, mas Paulo tira o papel às escondidas.  Começa o sorteio para a festa de Maria Joaquina. Valéria, Jaime, Laura, Marcelina, Kokimoto, Adriano, Bibi e Alicia são sorteados para a festa. Decepcionado, Cirilo conta ao pai que não foi sorteado para a festa de Maria Joaquina. Daniel entrega seu convite a Cirilo, que conta a Maria Joaquina que ganhou o convite do amigo. Ela o maltrata. Os meninos elegem Daniel como presidente do Clube dos Cuecas.

Capítulo 07 – 14/08/2018

As meninas chegam à casa abandonada. Os meninos afirmam que as meninas terão que passar por um teste de resistência para fazer parte do clube. Kokimoto prepara a bebida, a batida da coragem, para as meninas tomarem. Alicia é a única menina a beber a batida e os garotos colocam as meninas para fora da casa. Maria Joaquina comenta com Miguel, seu pai, que não vai convidar todos os colegas da sala de aula para a sua festa de aniversário. Cirilo pede dinheiro ao pai para comprar um presente a Maria Joaquina. Laura e Valéria se aproximam de Carmen – elas percebem que a amiga está triste. Carmen revela que seus pais estão se separando. Olívia pede para Helena ter uma postura firme diante dos pais dos alunos. Helena conversa com a mãe de Carmen e afirma que a garota está pouco motivada com os estudos. Helena revela que no dia anterior Carmen disse que não queria voltar para casa. Inês, mãe de Carmen, conta a Helena que está separada do marido. Helena se comove. Durante a aula de música, Maria Joaquina entrega bilhete a Paulo. Ela faz proposta a Paulo e promete dar um brinquedo a ele como recompensa. Maria Joaquina pede para Paulo tirar o nome de Cirilo do sorteio para a sua festa de aniversário. Carmen comenta com Helena que não tem vontade de brincar e estudar, pois sente saudade de seu pai. Maria Joaquina entrega convite a Daniel na frente de Cirilo. Cirilo coloca seu nome na urna para o sorteio, mas Paulo tira o papel às escondidas.Começa o sorteio para a festa de Maria Joaquina. Valéria, Jaime, Laura, Marcelina, Kokimoto, Adriano, Bibi e Alicia são sorteados para a festa. Decepcionado, Cirilo conta ao pai que não foi sorteado para a festa de Maria Joaquina. Daniel entrega seu convite a Cirilo, que conta a Maria Joaquina que ganhou o convite do amigo. Ela o maltrata. Os meninos elegem Daniel como presidente do Clube dos Cuecas. Valéria comenta com as meninas que Maria Joaquina trata Cirilo mal porque ele tem a cor  diferente. Cirilo ouve a conversa. Maria Joaquina pergunta a Daniel por que ele deu o convite a Cirilo. Maria Joaquina fala a Daniel que mesmo com o convite Cirilo não entrará em sua festa. Maria Joaquina chama Cirilo para uma conversa e pede o convite de volta. Cirilo devolve e Maria Joaquina rasga o convite e joga na cara dele. Helena percebe a tristeza de Cirilo na sala de aula. Maria Joaquina diz a Daniel que uma pessoa como Cirilo nunca entrará em sua festa. Firmino conta a Helena que Maria Joaquina pediu o convite de Cirilo, rasgou e jogou na cara do garoto. Helena pede para os alunos escreverem um poema. Cirilo diz que não vai fazer o exercício, pois está sentindo uma dor no coração.

Capítulo 08 – 15/08/2018

Helena diz para Cirilo escrever sobre sua dor. Helena pede para os alunos lerem os poemas. Olívia ouve Graça falando a Firmino que professora Helena daria uma ótima diretora. Cirilo faz um poema a Maria Joaquina, que levanta e pede para Cirilo esquecê-la de uma vez por todas. Helena diz para Maria Joaquina que precisa conversar com o pai dela e escreve um bilhete para Miguel na agenda da menina. Professora Helena diz para Maria Joaquina pedir desculpas a Cirilo. Maria Joaquina enfrenta Helena e afirma que não fez nada de errado. Olívia pergunta a Graça se ela insinuou que Helena é melhor que ela. Camen pergunta ao pai o que vai acontecer com ele e mamãe. Maria Joaquina dá o recado de Helena ao pai. Miguel dá um bronca em Maria Joaquina e afirma que ela não pode tratar mal o Cirilo. Maria Joaquina afirma ao pai, Miguel, que Cirilo é o problema. Miguel brada que ela terá que pedir desculpas a Cirilo. Carmen dá a notícia à mãe, Inês, que seu pai irá jantar em casa. Cristina, mãe de Helena, aconselha a filha a sair, pois ela precisa ter uma vida social. Cirilo telefona para a casa de Maria Joaquina, que pede para Joana dizer que ela não pode atender. Frederico, pai de Carmen, janta com a família. Ele e Inês se beijam. Carmen fica feliz ao ver os pais se beijando. Durante a aula, Jaime e Valéria se alfinetam. Valéria pergunta a Carmen se os pais dela fizeram as pazes. Helena vai até a sala de professores conversar com Miguel, pai de Maria Joaquina. Helena conta que Maria Joaquina escolheu a dedo os convidados para a sua festa de aniversário. A professora revela que Maria Joaquina não quer que Cirilo vá à festa por conta de sua cor. Esnobe, Maria Joaquina fala dos preparativos de sua festa para as meninas. Helena fala a Miguel que Cirilo é um anjo, mas Maria Joaquina o despreza. Miguel e Helena conversam com Maria Joaquina. Miguel pergunta a Maria Joaquina se ela não convidou Cirilo para a sua festa por conta da diferença social. Miguel ameaça cancelar a festa da filha se ela não convidar Cirilo. O pai de Maria Joaquina convida Cirilo pessoalmente para a festa. Maria Joaquina começa a se arrumar para a festa. Ela trata mal a empregada Joana. Os primeiros convidados começam a chegar na festa da garota. A banda Restart começa a se apresentar. Ao chegar para o aniversário, Valéria joga o presente em Maria Joaquina. As primas de Maria Joaquina esnobam os alunos da Escola Mundial. Valéria chama elas de ridículas. Jaime arrota na cara das meninas, que saem chocadas. Laura começa a comer os doces compulsivamente e engasga. Cirilo chega à festa de sua amada com um lindo buquê de flores. As crianças ficam deslumbradas com os truques que o mágico faz na festa. Cirilo vai de encontro a Maria Joaquina para entregar o buquê. Malvada, a menina estraçalha as flores e as joga no chão. Cirilo fica desolado. Miguel observa a cena.

Capítulo 09, 16/08/2018

As crianças começam a dançar ao som da banda Restart. Miguel vai conversar com Cirilo e diz para o garoto se divertir. Maria Joaquina se junta às primas para falar mal dos convidados. Maria Joaquina esbarra em Cirilo e o empurra. Davi consola Cirilo. Paulo solta um rato na festa. Pe Lanza convida Maria Joaquina para subir ao palco e cantar uma música com o grupo. Do palco, a menina fulmina Cirilo com um olhar. Cirilo fica extremamente deslocado na festa. Chega a hora de cantar o parabéns a Maria Joaquina. Valéria vê um rato circulando pela mesa em que está o bolo. As crianças entram em desespero. Paulo aproveita a confusão para empurrar a cabeça de Maria Joaquina contra o bolo. Ao chegar em casa, Miguel repreende Maria Joaquina pela forma como ela tratou Cirilo. Maria Joaquina afirma a Valéria e Alícia que foi Cirilo quem soltou o rato em sua festa e a empurrou contra o bolo. Cirilo enfrenta Paulo e afirma que ele fez mal em soltar um rato na festa de Maria Joaquina. Na sala de aula, Helena pede aos alunos para escrever uma redação sobre o tema “como é errado mentir”. Valéria esconde os sapatos de Laura, que os tirou porque estavam apertando os seus pés. Olívia leva a supervisora Bernadete para conhecer os alunos de Helena. A supervisora pede para Laura ler a redação que escreveu. Laura diz que não pode, pois está descalça. Todos começam a gargalhar. Helena fica desconcertada diante da situação. Olívia chama Helena à diretoria e passa um sermão na professora. Valéria se sente culpada pelo que fez. Olívia culpa Helena por passar a mão na cabeça dos alunos e afirma que Valéria é uma ameaça. Helena vai conversar com Valéria. Daniel comenta com Cirilo que Valéria será expulsa. Helena diz a Valéria que não pode mais ser sua amiga. No pátio da escola, a supervisora Bernadete pergunta de Helena aos alunos. Olívia observa Bernadete conversando com os alunos e entra em pânico. Helena afirma a Valéria que vai se distanciar dela, pois só assim ela irá conhecer os limites entre brincadeiras e travessuras. Valéria abraça a professora. Helena desabafa com a mãe e conta que foi extremamente difícil ser dura com Valéria. Os meninos falam que a única menina que pode integrar o Clube dos Cuecas é Alícia, pois ela é “moleca”. Na Escola Mundial, os alunos percebem a tristeza de Valéria. Desconsolada, Valéria comenta com Daniel que Helena não será mais sua amiga. Valéria suplica a Daniel, Davi e Cirilo pedirem perdão por ela a Helena.  Helena pede para ver o caderno dos alunos antes de começar a aula. Paulo coloca um rato na mochila de Cirilo. Ao ver o caderno de Valéria, professora Helena trata a aluna com indiferença, a menina fica sentida. Ao final da aula, Valéria tenta puxar assunto com Helena, mas a professora continua indiferente. Daniel, Cirilo e Davi pedem para Helena fazer as pazes com Valéria. Cirilo conta a Valéria que a professora Helena disse que ela precisa reconquistar sua confiança. Maria Joaquina vê um rato sair da mochila de Cirilo. Valéria chega em sua casa arrasada, ela desmaia e seus pais entram em pânico. Maria Joaquina briga com Cirilo e afirma que foi ele quem soltou o rato em sua festa. Cirilo tenta se defender. Miguel, pai de Maria Joaquina, examina Valéria, que revela ao médico que está triste porque Helena não quer mais ser sua amiga. Maria Joaquina comenta com Bibi que Carmen leva lanches fedidos para a escola e tem vergonha de comê-los na frente de todos. Maria Joaquina vai até Carmen e diz para a menina comer seu lanche de ovo podre bem longe dela.

Capítulo 10 – 17/08/2018

Miguel vai à escola conversar com Helena e conta que Valéria está deprimida, pois a garota acha que a professora não gosta mais dela. Cirilo pergunta a Maria Joaquina se ela já passou fome. Arrogante, ela diz que é óbvio que não. No recreio, Cirilo divide seu lanche com Carmen. Helena se sente culpada por ter sido tão dura com Valéria. Valéria comenta com Rosa, sua mãe, que está se sentindo péssima. Rosa tenta fazer Valéria se alimentar, mas ela está irredutível. Helena vai à casa de Valéria e pede desculpas a Rosa e Ricardo, pais de Valéria, por ter deixado a garota triste. Rosa leva Helena ao quarto da filha. Valéria está deitada na cama e Helena pede para a menina prometer que retornará às aulas, pois todos estão morrendo de saudade. Valéria se reanima. No dia seguinte, Valéria chega atrasada à aula, mas ela é recebida de forma calorosa por todos. Olívia comenta com Matilde que os alunos vão começar a se revoltar contra Helena. No pátio da escola, as meninas conversam sobre casamento. Firmino lembra de sua mulher.  Laura percebe que Firmino está um pouco confuso e pergunta o que aconteceu. Carmen conta a Helena que Firmino disse que sua mulher, Pilar, está em Portugal. Carmen comenta que Valéria disse que Firmino e a mulher têm um casamento moderno. Helena pergunta a Valéria se ela caçoou de Firmino, e explica que a mulher de Firmino morreu. Valéria confessa que está sentindo vergonha, pois não sabia do acontecido. Helena pede para Valéria ter mais cuidado ao fazer brincadeiras. Ela acaba os exercícios na sala e pede para a professora deixá-la ir ao banheiro, mas vai ao quarto de Firmino entregar flores. Ela diz que são para a mulher dele. Valéria pede desculpas a Firmino pela brincadeira que fez. Helena vai até o quarto e observa Firmino e Valéria conversando sobre Pilar. A professora se emociona. Maria Joaquina comenta com Daniel que os colegas ficaram deslumbrados com sua festa, pois são um bando de pobres. Não bastasse, Maria Joaquina diz para Bibi que Valéria é a protegida da professora. Cirilo conta aos pais que sua amiga Carmen nunca leva lanche para a escola. Inês, mãe de Carmen, lamenta não ter dinheiro para pagar as contas. Ela diz a Carmen que não pode dar dinheiro à filha comprar lanche pelos próximos dias. Para agradar a mãe, Carmen diz que o importante é que ela tem uma bolsa de estudos e não precisa pagar a mensalidade da Escola Mundial. Maria Joaquina está prestes a dormir e pensa em Daniel. Ela imagina que é uma princesa na torre, e Daniel, o príncipe que a salva. Clara, mãe de Maria Joaquina, conta a Miguel que a menina está muito triste. Miguel promete observar o comportamento da filha.



Capítulo 12 original

Comentários