Bilheteria, Estados Unidos, Um Lugar Silencioso, Não Vai Dar, Chappaquidick
Imagem: Paramount/Divulgação; Universal Pictures/Divulgação; Entertainment Studios/Divulgação

Mesmo depois de uma vitória surpreendente na semana passada, e que deixou a Warner Bros. aliviada, Jogador Nº 1 tinha desafios ainda maiores nesse final de semana: um embalado (e barato) Um Lugar Silencioso e estrelado Não Vai Dar. É claro que todos os três miravam em espectadores diferentes, mas com certeza é uma batalha interessante. Vamos aos números?

Nas preliminares divulgadas neste domingo, Um Lugar Silencioso aparece com 50 milhões de dólares em 3.5 mil salas pelo país, colocando o longa bem acima do seu orçamento de 17 milhões. Tais números mostram que a Paramount deve ter seu primeiro grande sucesso em anos após fracassar com Transformers: O Último Cavaleiro, Baywatch: S.O.S. Malibu e A Vigilante do Amanhã em 2017. Na verdade, é a melhor abertura para o estúdio desde Star Trek: Sem Fronteiras em julho de 2016.

Em seguida aparece Jogador Nº 1 numa ótima segunda semana. O filme de Spielberg fez pouco mais de 24.6 milhões de dólares. Uma queda aproximada de 40% em comparação com a estreia. Entretanto vale lembrar que mesmo o mercado doméstico sendo postivo, o internacional é o que renderá a compensação que a Warner Bros. deseja. China (62 milhões de dólares) e Coréia do Sul (08 milhões de dólares) são os melhores mercados ao redor do mundo do filme.

Correndo por fora, Não Vai Dar também foi bem. A comédia adulta da Universal fez pouco mais de 20.5 milhões de dólares. Se tornando a melhor abertura de uma comédia imprópria para menores desde Girls Trip em julho de 2017. Assim como Um Lugar Silencioso, o longa atraiu a atenção de um demográfico chave – o de 18 a 34 anos. Porque é importante? Os Estados Unidos estão em período de férias escolares.

Surpreendendo, Chappaquiddick foi melhor do que se esperava. Com 35% dos seus telespectadores acima dos 55 anos, o filme fez 5.76 milhões de dólares. A expectativa era menor pelas dificuldades que o estúdio encontrou para promove-lo na televisão americana.

De acordo com uma entrevista do protagonista, Jason Clarke, ao Deadline, a maioria dos programas com tendência à esquerda, mesma ideologia seguida pelo Senador Democrata Ted Kennedy [tema do longa]. Por isso, sua promoção foi feita basicamente pela Fox News, cuja tendência é mais à direita.

Como é uma história propriamente americana, não se deve esperar um grande lançamento internacional.

Top 05:

1º. – Um Lugar Silencioso: 50.2 milhões de dólares

2º. – Jogador Nº 1: 24.6 milhões de dólares

3º. – Não Vai Dar: 20.5 milhões de dólares

4º. – Pantera Negra: 8.7 milhões de dólares

5º. – Acrimony: 8.35 milhões de dólares

Comentários