A RedeTV! lançará em março o game “O Céu é o Limite”, saiba detalhes da atração

Marcelo de Carvalho comanda Mega Senha e O Céu é o Limite na RedeTV

Marcelo de Carvalho, um dos acionistas e dono da RedeTV!, além de apresentador do sucesso de audiência “Mega Senha“, está se preparando para lançar o novo game show da emissora, “O Céu é o Limite“, que comandará no próximo mês.

A comercialização do formato ficou por conta da Endemol, mas os direitos pertencem à Húngara Dot, adquiridos de uma produtora da Argentina. A nova atração dividirá espaço com o tradicional “Mega Senha”, assim sendo, a sua exibição está prevista para os sábados, que alternarão as temporadas na programação do canal.

Nas receitas, Marcelo de Carvalho, quem comandará o game, adiantou que o programa já tem três cotas vendidas para empresas como a Seara, Sidney Oliveira e Ultrafarma, com outras à disposição do mercado. Consolidada em audiência, a faixa horária da atração tem em média 3,5% de share em todo o Brasil, chegando ao quarto lugar de audiência na Grande São Paulo em seu horário de exibição.

Sobre a formatação do novo programa, a fórmula principal irá unir conhecimentos com a sorte dos seis participantes, mais dois famosos, assim como no “Mega Senha”. Os eliminados poderão permanecer no jogo apontando rivais para uma fogueira, onde o participante além de bom em respostas, precisa ter calma.

Sobre o cenário e o desenvolvimento da competição, Marcelo adiantou: “O palco é redondo, com púlpito giratório 360 graus que me permite observar tudo em tempo real. Cada etapa contempla uma prova diferente. A primeira é um desafio de assuntos verdadeiros e falsos. O participante deve usar sua memória afetiva para não fazer confusão. Depois vem o ABC, em que cada letra contém uma pergunta. Os participantes vão acumulando prêmios em dinheiro. A cada erro, o valor muda de mãos, até o vencedor ser definido. Há um duelo no qual quem erra uma resposta perde a metade do prêmio. Mas pode recuperar na pergunta seguinte. No Mega Senha, quem ganha vai embora com o seu prêmio. Já em O Céu é o Limite, não. Ele permanece como atração do programa. Como gosto de famosos nos meus programas, interferi um pouco no formato original e vamos ter sempre dois artistas atrapalhando a vida dos finalistas”, explicou.

“O cenário é uma espécie de disco voador. O estúdio que vamos gravar tem 750 metros quadrados, com capacidade para 250 pessoas. Usamos o manual de procedimentos da última versão e seguimos à risca o design, a planta de colometria, que envolve todas as luzes, estrutura de palco e um monitor de LED. O programa usa as mudança de cores para destacar um momento tenso. Nesse caso é o vermelho. Quando um competidor olha para o outro, o ambiente fica amarelo; e quando está tudo bem, a cor azul prevalece”, finalizou.

O empresário ainda revelou que fez uma pesquisa profunda sobre quais formatos de games poderia adquirir para produzir e quando viu este, que vai ao ar na italiana RAI, logo teve certeza que faria sucesso no Brasil, por se tratar de um jogo quente, ágil e que prende a atenção na competição irreverente e interessante. As chamadas já estão no ar nos intervalos da emissora e estreia em abril.

Comentários