SBT escala novela mexicana nunca reprisada para substituir “Rubi” nas novelas da tarde a partir de maio
Novela No Limite da Paixão

Produzida em 2002 sob o título de “Entre el Amor y Ódio” e exibida pelo SBT entre 2003 e 2004 com o nome de “No Limite Da Paixão”, a trama mexicana é a escolhida para substituir “Rubi” (2004) na faixa de novelas da tarde a partir de maio.

Protagonizada por César Évora (Estevão em A Madrasta) e Suzana González (Luz em Rosalinda), além das participações de Sabine Moussier (Carmem em Abismo de Paixão), Maria Sorté (Aurora em Mar de Amor), Alberto Estrela (Juventino em O Que a Vida me Roubou), Jacqueline Bracamontes (Maribel em Rubi), Carmem Salinas (Agripina em Maria do Bairro), Marlena Favela (Sonia em Rubi), Luis Roberto Guzmán (José Luiz em O que A Vida me Roubou), Maurício Aspe (Aldo em Maria do Bairro), Fabián Robles (Felipe em A Dona), Marga López (Ana Joaquina em O Privilégio de Amar), Luz Elena (Magda em Meu Coração é Teu) e etc.

História

Amor… e ódio… início contraditório de uma relação profunda e conflituosa entre Otávio e Ana Cristina na novela “No Limite da Paixão“. Com a morte de seu tio Fernando, Otávio um homem sensual e corajoso que viveu afastado por muitos anos de sua família, regressa a sua cidade natal para assistir ao funeral.

Otávio acha que seu tio foi o culpado pela ruína e morte de seu pai e também por tê-lo afastado de Frida, a mulher que ele tanto amava. Porém, Otávio chora às escondidas a morte do tio, que chegou a ser como um pai para ele.

A história da vida de Ana Cristina é um mistério. Ela foi adotada por Manuel, mas que acredita ser seu avô. Ana Cristina viveu toda sua vida em uma pequena casa rústica de propriedade de Fernando, que além de seu protetor, ela o via como um pai. Apesar de terem vivido no mesmo lugar, Ana Cristina e Otávio jamais haviam se cruzado até se conhecerem pela primeira vez.

O clima de maldade e falsidade surge por conta de Maciel, o corrupto administrador da fábrica de calçados de Fernando. Ambicioso e fariseu, ele envenena a mente de Otávio dizendo que Ana Cristina usou de sua beleza e juventude para seduzir Fernando e lhe tirar o dinheiro.

Conforme o testamento, Otávio é nomeado herdeiro da fortuna do tio, mas com a condição de casar-se com Ana Cristina. Assim seu ressentimento contra a moça aumenta, para satisfação de Maciel. Ambos negam se casar, ainda que intimamente não consigam evitar que se sintam atraídos um pelo outro.

Frida (ex-noiva de Otávio) é uma mulher fria e calculista, com os olhos voltados sempre para o dinheiro. Através de seu amante Maciel, ela fica sabendo da fortuna de Otávio, e resolve investir na antiga paixão. No entanto convence Otávio a casar-se com Ana Cristina, assegurando-lhe que aquela insignificante mulher não evitará que eles sigam se amando.

Ana Cristina, influenciada pelo avô, sobre a vontade de Fernando, casa-se com Otávio, iniciando uma vida de brigas e desavenças, uma guerra de caprichos que se intensifica dia a dia. Os únicos felizes são Maciel e Frida.

Perfil dos personagens

Otávio (César Evora) – 40 anos, tipo atraente e esforçado, dentro de seu projeto de vida não figura o matrimônio, nem formar uma família. Ainda que violento tem uma grande sensibilidade.

Ana Cristina (Susana González) – jovem, dona de uma beleza natural. Tem uma alma nobre, generosa, caráter forte e decidido. Não suporta injustiças, sendo defensora dos direitos dos outros e dos seus próprios.

Maciel (Alberto Estrella) – um pouco mais jovem que Otávio, péssimo caráter, se faz de bonzinho para ganhar a confiança de seus patrões. Seu maior desejo é ser dono da fábrica de calçados que pertence a Fernando Vila Real .

Fernando Vila Real (Joaquim Cordero) – homem bondoso, de sentimentos nobres, magnata do calçado. Protetor de Ana Cristina. Seu testamento vai transtornar a vida de vários personagens da história.

Josefa (Marga López) – irmã mais nova de Fernando. Renunciou o amor de Moisés por pressões de sua mãe, dedicando sua vida a família. Enfrenta Otávio por descordar do amor dele por Ana Cristina.

Frida (Sabine Moussier) – bonita, fria, calculista e falsa, acostumada com a boa vida. Consegue enganar Otávio fazendo-se de vítima. Chantageada por Maciel que guarda um segredo podendo abalar sua relação com Otávio.

Caetana (Maritza Olivares) – 45  anos, tia de Frida. Ficou com a sobrinha logo que sua irmã Rosália engravidou. Acredita em horóscopos, cartas e amuletos. Por ambição usará Frida para tirar dinheiro dos Vila Real .

José Alfredo (Fabián Robles) – jovem de bons sentimentos, ama Ana Cristina desde que era um menino. Filho de Rodolfo e Maria Madalena.

Gabriel (Luis Roberto Guzman) – irmão mais velho de José Alfredo. Impaciente e violento, utiliza sua força física para lutas clandestinas e assim ganhar dinheiro às escondidas de sua familia, tem uma pequena sapataria na cidade onde mora.

Maria Madalena (Maria Sorté) – de classe média, atraente e sensível. Mãe abnegada, de José Alfredo, mas se faz passar também por mãe de  Gabriel.

Célia (Carmen Salinas) – boa pessoa, com grande coração. Tem um comércio no mercado de calçados. É a líder dos comerciantes e pensa sempre no bem comum acima do seu próprio. Depende muito de sua sobrinha Fernanda

Audiência

A trama oscilava entre 8 e 9 pontos às 19 horas, caiu para 7 ao ser mudada para às 18h30, e posteriormente para 5 quando passou a entrar às 18 horas. Voltando a oscilar entre 8 e 9 pontos, quando ficou de 18h45 às 19h30 da noite. Em 135 capítulos, fechou com 8 de média geral, contra 10 da antecessora, “Primeiro Amor a mil por Hora”, que era transmitida em um horário melhor, de 19h00 às 20h00 horas, portanto “No Limite da Paixão”, apesar de ter a substituído, não ocupou o seu horário inteiro. Considerada mediana, a novela sofreu 4 mudanças de horário, e acabou retornando para uma faixa próxima da inicial, voltando a crescer. Sua meta era de 10 pontos.

Relembre as chamadas de estreia e a abertura:

 

Comentários