Home > Colunas > “Estarei de volta às novelas!”. Confira entrevista inédita e exclusiva com a atriz Gaby Spanic

“Estarei de volta às novelas!”. Confira entrevista inédita e exclusiva com a atriz Gaby Spanic

gabriela-spanic

Se tem uma coisa que as novelas mexicanas sempre conseguiram no Brasil, além do sucesso, é tornar famoso os seus artistas. Em nosso país, os atores Verónica Castro, Victoria Ruffo, Gabriela Rivero, Thalía, Fernando Colunga, Anahí, Maite Perroni, Angelique Boyer, Ana Brenda e muitos outros, tornaram-se conhecidos e queridos pelo público do SBT.

Uma atriz que deixou a sua marca e que continua alcançando glorioso êxito por aqui é Gabriela Spanic, protagonista do fenômeno “A Usurpadora”, na pele das gêmeas Paola e Paulina.

Venezuelana, ela tornou-se conhecida por ter sido nomeada Miss, ganhando na categoria de ‘Melhor Corpo’. Logo após, estudou para se tornar atriz e realizou diversos trabalhos em seu país, mas foi no México que tomou fama mundial.

Em 1998, Gaby foi convidado por Salvador Mejía, famoso produtor de telenovelas da Televisa, a interpretar os papeis principais em “La Usurpadora”. A produção se tornou um fenômeno de vendas, audiência e repercussão, até chegar ao Brasil no ano seguinte.

Em terras brasileiras, a atriz ficou bastante famosa durante a exibição da novela, sendo convidada a participar de diversos programas do SBT, chegando até a gravar comerciais para o “Baú da Felicidade”.

Fenômeno de audiência, “A Usurpadora” foi exibida seis vezes, sucesso em todas as exibições. Gaby continuou visitando o Brasil ao longo dos anos e se manteve com uma das atrizes internacionais mais famosas da atualidade.

Gaby Spanic em
Gaby Spanic em “Por Teu Amor”. Exibida pelo SBT em 2001. Foto: Divulgação.

Ainda no México, ela emplacou outras novelas, como “Por Teu Amor”, também exibida por aqui. Logo depois, voltou a interpretar gêmeas em “La Intrusa”, que não foi tão bem em audiência e não chegou a ser exibida no Brasil.

Após isso, Gaby deixou o México em destino à Colômbia, onde atuou em algumas novelas da Telemundo, que acabara de se lançar no mercado das telenovelas. “La Venganza”, novela de estreia, foi um grande sucesso de vendas. “Terra de Pasiones” a consagra como a atriz latina mais poderosa, segundo a CNN.

Gaby Spanic em
Gaby Spanic fez “Emperatriz”, sua primeira novela na TV Azteca.

Nas telas mexicanas, Gaby retornou no sucesso “Soy Tu Dueña” (“A Dona”), exibida recentemente pelo SBT. Após a trama, a artista deixou a Televisa e fechou com a sua concorrente, a TV Azteca, que voltaria a investir em produções nacionais. Lá, ela protagonizou “Emperatriz” que obteve alta vendagem para os padrões da emissora que não possuía grande tradição na exportação de telenovelas.

Gaby também se dedica a música. Em 2005 ela lançou o seu primeiro álbum, chamado de “Gabriela Spanic: Total”. Atualmente, a estrela de A Usurpadora se prepara para lançar o seu primeiro trabalho em português.

Gabriela é mãe de Gabriel Jesus, e já foi casada com o ator Miguel de León, o ricaço Douglas Maldonado, com quem trabalhou em ‘A Usurpadora’. Para quem não sabe, ela possui de verdade uma irmã gêmea idêntica, chamada Daniela Spanic. Atualmente a atriz é uma das estrelas da premiada peça de teatro mexicana “Un Picasso”.

Sucesso no Brasil, com várias vindas ao nosso país, Gabriela promete voltar nos próximos meses para lançar seu álbum brasileiro e um livro de culinária. O SobreTV conversou com a eterna Paola Bracho, que falou sobre a carreira em uma entrevista reveladora e exclusiva.

Olá, Gaby! Você estudou bastante antes de ser atriz, e com o seu talento, logo foi convidada para trabalhar em novelas venezuelanas. Porém, você ficou conhecida mundialmente através das telenovelas mexicanas. Como surgiu o convite para deixar o seu país e atuar em novelas no México?

Fui Miss Venezuela e fiquei muito conhecida na América Latina, por isso veio  o convite para fazer testes em novela no México.

Gaby Spanic foi 'Miss Venezuela' antes de se tornar atriz. Foto: Reprodução / Internet
Gaby Spanic foi ‘Miss Venezuela’ antes de se tornar atriz. Foto: Reprodução / Internet

Atuando em muitas novelas, seja na Venezuela, México ou Colômbia, ao longo dos anos, você interpretou diversos tipos de personagens. Qual deles mais marcou a sua vida e que mais gostou de fazer?

Sem dúvida Paola e Paulina. Por serem duas personagens e isso era muito difícil de fazer e também por ter marcado e ainda marcar muitas gerações.

Com qual dessas famosas personagens você se parece mais: Paulina Martins, Paola Bracho ou Ivana Dorantes?

Acho que tenho um pouco de todas, mas eu adorava fazer a Paola. TOTAL!

No momento você vem se dedicando ao teatro em uma peça de bastante renome e sucesso, A sua última novela foi “La Otra Cara del Alma”, na TV Azteca em 2013. Tem planos de retornar às telenovelas?

Sim, em breve estarei de volta as novelas!

Aceitaria um convite para atuar em uma novela brasileira?

Sim, aliás já fui convidada mas ainda não pude aceitar o convite.

Que tipo de personagem gostaria de fazer em uma próxima novela?

Acredito que gostaria de fazer novamente uma vilã.

Com o grande sucesso de “A Usurpadora”em tantas exibições, e posteriormente com o atual sucesso de “A Dona”, os seus fãs gostaram muito de suas performances com o ator Fernando Colunga , com quem atuou nas duas novelas, tamanho a química que têm  juntos. O romance vivido nas telas chegou a acontecer fora dela?

Não, ele é só meu amigo.

Fernando Colunga e Gaby Spanic formaram par romântico em
Fernando Colunga e Gaby Spanic formaram par romântico em “A Usurpadora” e “A Dona”. Foto: Internet.

Nos conte mais sobre o seu novo projeto de lançar um livro de receitas.

É um livro que tem as receitas que eu faço aquí em casa. É algo muito especial e íntimo que estou fazendo.

Falando em novos projetos, além do livro, você está lançando  também um CD. Com tantas novidades e trabalhos, como você vê a sua carreira atualmente?

Estou lançamento um CD em português exclusivo para o Brasil. Faço um espetáculo teatral, “Un Picaço” e estou muito feliz com os rumos que minha carreira está levando.

Deixe uma mensagem para nossos leitores e os seus fãs do Brasil.

Meus queridos amigos do Brasil, queria agradecer todo o carinho e amor que vocês tem por mim. Em breve estarei com vocês para lançar meu livro e meu novo disco. TOTAL!

Curiosidades sobre a carreira e vida de Gaby Spanic:

A novela de estreia de Gaby foi a versão venezuelana de “Mundo de Fieras”, refeita na Televisa anos mais tarde, com Cesar Evora, Helena Rojo e grande elenco.

A atriz trabalhou nos primeiros anos como figurista ou em participações especiais.

Em “Morena Clara”, de 1993, Gabriela conquistou o seu primeiro grande papel, vivendo a principal antagonista.

Gaby vive o seu primeiro grande papel em
Gaby em seu primeiro grande papel em “Morena Clara”. Foto: Internet

Durante a sua carreira na Venezuela, Gaby se acostumou a alternar entre mocinhas e vilãs, o que também aconteceu no México. Até hoje a atriz costuma fazer os dois tipos de papel, e é bem aceita nos dois, principalmente quando interpreta vilãs.

Além das boas e más, Gabriela se especializou em trabalhar com mais de um personagem ao mesmo tempo. Em 1994, ela interpretou Gilda e Raquel na novela “Como Tú, Ninguna”. Em 2001, Virgínia e Vanessa em “La Intrusa”, Valentina e Helena em “La Venganza”, além de Paola e Paulina em “La Usurpadora”.

Gabu ganhou o prêmio FAMA em 2006. Foto: Reprodução.
Gaby ganhou o prêmio FAMA em 2006. Foto: Reprodução.

Em 1999 e 2000, a estrela foi indicada ao prêmio de ‘Melhor Atriz’ pela Revista TV Y Novelas, por sua atuação em “A Usurpadora” e “Por Teu Amor”, mas não venceu. Em 2006, conquistou este título com o prêmio FAMA pela novela “Tierra de Pasiones”.

Apesar de solteira há algum tempo, Gabriela já passou por vários relacionamentos, a grande maioria atribulado. Um dos mais polêmicos foi com o empresário venezuelano Neil Perez, pai de seu filho, que após ofensas, perseguições e supostas agressões, se quer quis conhecer o herdeiro, além de ter duvidado da paternidade.

Uma polêmica envolvendo a atriz foi o envenenamento que ela, sua família e empregados sofreram em 2010. María Celeste Fernandez, assistente pessoal da atriz, os envenenou durante quatro meses com cloreto de amônio.

Gabriela chegou a passar mal nas gravações de “Soy Tu Dueña” por conta do envenenamento.

Gabriela também possui um mau relacionamento com a irmã gêmea. Daniela a acusou de ser uma vilã também na vida real, quando ao ficar em coma, disse que Gaby não a visitou no hospital, mas diante da imprensa mostrava ser presente.

O cunhado de Gaby rompeu relações com a artista e a proibiu de se aproximar da sobrinha.

Gabriela e sua irmã Daniela Spanic. Foto: Reprodução.
Gabriela e sua irmã Daniela Spanic. Foto: Reprodução.

Em 2011, a atriz assinou contrato com a TV Azteca para trabalhar em quatro novelas, mas o canal realizou apenas duas: “Emperatriz” e “La Otra Cara del Alma”.

A atriz se desligou da TV Azteca após desistir de participar de um reality de dança com celebridades mexicanas. Gaby brigou com uma participante e deixou a competição no meio.

Atualmente, Gabriela Spanic retornou ao teatro após anos afastada e vem fazendo bastante sucesso na peça “Un Picasso”. A última vez em que a atriz trabalhou em teatro havia sido na Venezuela.

Gaby na peça
Gaby na peça “Un Picasso”. Foto: Reprodução.