Agência Nacional do Cinema libera R$ 4,5 milhões para SBT produzir segunda temporada de “A Garota da Moto”, além de incentivar produção de série derivada de “Chiquititas”

Com verba da ANCINE, "A Garota da Moto" ganhará 2ª temporada no SBT

Onze projetos foram premiados pelo programa “Brasil de Todas as Telas”, da ANCINE, que recebeu o investimento de R$ 17,4 milhões, através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). O maior beneficiado, foi o projeto proposto pelo SBT e pela produtora MIXER, para a realização da segunda temporada da série “A Garota da Moto”, que teve a liberação de R$ 4,5 milhões.

“A Garota da Moto” estreou no SBT em julho do ano passado, em horário nobre, e fez enorme sucesso de público e crítica, fechando na vice-liderança isolada durante concorrência com a novela das 21h da Rede Globo. A primeira temporada da série contou a história da motogirl Joana, interpretada pela atriz Christiana Ubach, que concorre à melhor atriz de novela ou série de 2016.

Além de “A Garota”, o SBT também conseguiu verba de R$ 2,6 milhões para a produção de um seriado em 13 episódios, derivado da novela “Chiquititas”. Com roteiro ainda em desenvolvimento, o seriado “Z4” deverá ser protagonizado pelo ex-Titã Paulo Miklos e por atores da novela infanto-juvenil.

Confira entrevista com Claudio Felicio, um dos roteiristas da série “A Garota da Moto”

 

Comentários